terça-feira, 27 de outubro de 2009

O campeão das simulações

Quando o Benfica conseguiu vencer em Paços de Ferreira sem que o árbitro do encontro, João Ferreira, tenha inventado o penalty da praxe a seu favor, eu levantei aqui no blog uma questão: será que a tradição já não é o que era ou o milagre deveu-se apenas ao facto de Aimar não ter jogado?
Ontem, no jogo Benfica-Nacional, o Aimar voltou ao activo e as dúvidas dissiparam-se:

Jorge Coroado - «Não houve qualquer grande penalidade cometida por Felipe Lopes. O campeão das simulações ludibriou mais uma vez o oficial de jogo.»

Rosa Santos - «Não há falta de Felipe Lopes, mas antes simulação de Aimar, a quem devia ser exibido o cartão amarelo.»

António Rola - «Lance de difícil julgamento. Felipe Lopes coloca a perna esquerda à frente de Aimar, mas, na minha opinião, é Aimar que provoca o contacto, não havendo falta para grande penalidade.»

Entretanto, frente ao Nacional o Benfica viu aumentar o número de penalties assinalados a seu favor para 7, mais do dobro dos que foram assinalados a favor dos portistas (3). Nada haveria a dizer se todos eles tivessem sido bem assinalados, mas depois do que se viu em Leiria e ontem na Luz, é caso para dizer que, se isto continuar, mais vale entregar já o título ao SLB e acabar de vez com esta palhaçada.

Sem comentários:

Enviar um comentário