quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

Que tesourinho tão deprimente!

Na passada segunda-feira, véspera do jogo FC Porto-Sporting CP a contar para a Taça de Portugal, o jornal A Bola publicou um texto da autoria de José Diogo Quintela intitulado "Esperemos que esta Taça não leve fruta". Neste texto, supostamente de teor humorístico, o elemento dos Gato Fedorento vai desenrolando uma série de acusações e insinuações alusivas ao processo Apito Dourado disfarçadas de graçolas, chegando ao cúmulo de chamar mentiroso ao FC Porto com todas as letras. Este artigo vem na mesma linha de outros artigos de opinião escritos por outros elementos do mesmo grupo, geralmente publicados no jornais A Bola e Record, em que o FC Porto e o seu presidente são alvo de contínuos insultos.
Ninguém duvida de que os Gato Fedorento já perceberam que, neste país 3º mundista onde Lisboa dita as leis a seu bel-prazer e faz gato-sapato de tudo o que existe para além das sete colinas, enxovalhar o FC Porto na praça pública é meio caminho andado para ter sucesso (ou não fosse a esmagadora maioria dos portugueses adepta dos dois clubes grandes da Capital, sempre ávidos de motivos para denegrir as vitórias daqueles que não têm capacidade para derrotar pela via desportiva). Como tal, admite-se que a insistência neste tipo de sátiras permanentemente dirigidas ao clube azul e branco, mais do que uma obsessão originada pela clubite doentia, seja uma estratégia para manter viva a carreira do grupo que tem vindo a perder interesse junto do grande público. No entanto, o que é demais enjoa e compreende-se que os adeptos portistas comecem a ficar fartos de ser alvo contínuo destas atitudes de intenção duvidosa.
Seria muito mais saudável e democrático se os Gato Fedorento tivessem a mesma postura para com todos os clubes (ou, pelo menos, para com os três grandes), mas tal não parece ser a sua intenção, o que, de certa forma, se compreende. De facto, todos sabemos que satirizar o Benfica ou o seu presidente representaria um risco enorme para o futuro do grupo, não só porque o público benfiquista não perdoaria esse ultraje, mas também porque José Diogo Quintela e Companhia arriscar-se-iam a receber a visita de um certo segurança privado que teria muito gosto em explicar-lhes, com duas ou três bofetadas, o erro de brincar publicamente com os podres do clube da Luz.
Assim sendo, enquanto não houver uma lei neste país que nos proteja verdadeiramente da estupidez e imbecilidade daqueles que, alegadamente em nome da liberdade de expressão, nos vão insultando, lá teremos nós, portistas, de continuar a engolir este sapo fedorento. Mas, apesar do nojo que isto nos mete, numa coisa temos de dar a mão à palmatória: José Diogo Quintela tinha realmente motivos para temer que a Taça tivesse muita fruta. De facto, a Taça trouxe cinco laranjas doces para o Dragão e um grande melão para Alvalade. Bom proveito, José Diogo! Mas cuidado, não te vás engasgar com os caroços...

15 comentários:

  1. O engraçado deste post é a alusão ao segurança privado! Os clubes de Lisboa normalmente recorrem à justiça para resolver os problemas quando os têm. Até porque segundo o autor a justiça é a de Lisboa! Então para que são precisos seguranças?
    No entanto estamos s falar da contestada justiça que ilibou o presidente portista! Bem, temos que dar razão ao autor do blogue, afinal a justiça de Lisboa por vezes é injusta.
    Voltando aos seguranças, a "segurança" que por vezes vemos ao redor do FCP é constituída por "free-lancers" que neste momento estão a sérias contas coma justiça de Lisboa. Desta vez a justiça de Lisboa foi justa, aliás um deles vai lá passar alguns anitos.
    Quanto ao jogo, nada a dizer, o FCP ganhou bem e o SCP perdeu bem. Foi um resultado perfeitamente adequado ao jogo.
    Relativamente ao país 3º mundista, aproveita porque em mais nenhum aturavam as parvoíces normalmente patentes neste blogue.

    ResponderEliminar
  2. "Os clubes de Lisboa normalmente recorrem à justiça para resolver os problemas quando os têm."

    Sim, nós sabemos muito bem a que tipo de Justiça o Benfica recorre para solucionar os seus problemas. Todos nos lembramos da bofetada que o outro fulano levou no aeroporto de Lisboa e que nem pelo facto de ter sido presenciada pelas câmaras da RTP e por um agente da PSP valeu qualquer tipo de condenação para o tal "segurança privado" que, segundo dizem, é primo do Vieira.

    "Então para que são precisos seguranças?"

    Tal como as imagens já o comprovaram (e só não vê quem não quer ver) os seguranças são precisos para provocar os adversários e gerar situações de conflito dentro do túnel da Luz para que a CD da Liga se divirta a afastar os jogadores dos relvados durante meses, condicionando assim o desenrolar do campeonato.
    Enquanto isso, vamos assistindo semanalmente às agressões do David Luiz, Luisão, Cardozo, Maxi Pereira e Javi Garcia que, com total impunidade, vão distribuindo porrada nos adversários dentro dos campos graças aos estranhos problemas de visão dos árbitros e a um (quase) total desinteresse da CD. Quase, porque lá devem ter pensado que seria demasiado evidente punir os jogadores do Braga com castigos exemplares e deixar passar a agressão do Javi Garcia em claro, mas como o Benfica já se movimentou para apresentar recurso alegando que o seu jogador é uma vítima de perseguição, veremos se será desta que um jogador encarnado será, finalmente, punido.

    "Bem, temos que dar razão ao autor do blogue, afinal a justiça de Lisboa por vezes é injusta."

    Eu não me recordo de ter afirmado que a Justiça é injusta. Se o fiz, gostava que me dissesse onde foi que o fiz. O que eu disse e repito é que as autoridades de Lisboa agem com dois pesos e duas medidas, o que é uma coisa bem diferente.
    Demonstrando alguma ignorância, as pessoas têm a tendência para confundir o papel das autoridades policiais com os tribunais. Aos tribunais cabe a função de julgar, mas tal só é possível se as autoridades investigarem os casos e derem origem à abertura de processos. É óbvio que enquanto tivermos um clube que é protegido pelo poder político e que passa sempre incólume a qualquer tentativa de investigação por parte das autoridades, nunca haverá processo nenhum nos tribunais contra o poderoso SL Benfica e seu presidente que se dá ao luxo de ser apanhado nas escutas telefónicas a encomendar árbitros sem que nada lhe aconteça.

    "Desta vez a justiça de Lisboa foi justa, aliás um deles vai lá passar alguns anitos."

    E eu concordo plenamente! Acho muito bem que esses energúmenos sejam condenados pelos crimes que são provados em tribunal. Mas, tal como você próprio reconheceu, essa gente não possui nenhuma ligação ao FC Porto, ao contrário do que a corrupta imprensa lisboeta pretende insinuar. Já os "seguranças" do SLB são funcionários pagos pelo clube.
    Além disso, ao dar esse exemplo você está a dar um tiro no próprio pé porque reconhece que, no que toca ao FC Porto, a Justiça actuou. Ora, atendendo a que o "primo Fernando" continua a passear impunemente pelo túnel da Luz distribuindo bofetadas e pontapés a seu bel-prazer, existem ou não motivos para considerar que as autoridades agem com dois pesos e duas medidas?

    "Relativamente ao país 3º mundista, aproveita porque em mais nenhum aturavam as parvoíces normalmente patentes neste blogue."

    Só são parvoíces para quem tem interesse em manter a pouca-vergonha a que vamos assistindo neste país.

    ResponderEliminar
  3. 1) Quanto tempo mais é que vai falar do aeroporto de Lisboa? No que toca a violência e pouca vergonha o FCP e seus muchachos serão lideres para a eternidade.

    2)No tunel da Luz o que as imagens mostraram foi um imbecil a pontapear a manga, na atitude "educada" que caracteriza o FCP e depois foi a desobediência dos procedimentos do próprio clube com os responsáveis a quererem arrastar os "meninos" desobedientes para o balneário. Se tivessem um comportamento civilizado e educado estariam no balneário sem problemas, mas claro fazem o que querem porque as leis são para os mouros, os parolos de Lisboa. Vocês são superiores a tudo isso. Fica-se no tunel para contestar o árbitro violando os procedimentos do próprio clube (FCP). Somos os maiiores e fazemos o queremos, normalmente desacatos e arruaçadas. Claro que depois é o tunel da Luz com os seguranças a cumprirem as normas que são os culpados. Quanto ao Javi é um menino de coro ao pé do Bruno Alves, portanto cale-se de vez. Quanto aos tuneis lembre-se da decada de 90 no famoso estádio das Antas, qualquer semelhança com civilização é pura coincidência, e não havia cameras. Pelo passado recente o FCP deverá ser o último com moral para se queixar da arbitragem e dos tuneis.
    3) Então se a justiça não é injusta aceite-a sempre e não só quando lhe convém! Os jogadores do Porto são bem punidos! O que está mal é levar tanto tempo a tomar as decisões. Não há nada, nem eventuais provocações após patadas e permanência onde não deviam estar que justifiquem as agressões. O Benfica movimenta-se como os advogados do PC e o Braga se movimentou, ou será que só se podem movimentar acima do Douro? Quanto a escutas, é melhor calar-se porque nem telhados tem, quanto mais de vidro. Lá porque o PC foi absolvido pensa que alguém inteligente ficou convencido?
    4) Então e a corrupta imprensa do Porto? Não existe? Claro que existe e não é mais acentuada porque o fanatismo, o seu por exemplo, ainda não é expressivo ao ponto de influenciar as vendas, senão era descalabro total. Aliás o seu conceito de igualdade é o Porto mais e melhor que todos, depois logo se vê. Se quisesse defender quem mais sofre com o "centralismo de Lisboa" você defenderia outras causas que não as do Porto. O Porto está abaixo de Lisboa nos indicadores mas está perto enquanto que outras regiões estão a milhas. Quando a regionalização ocorrer, espero ainda viver para ver como o Porto vai tratar a região que vai tutelar! Só tenho uma palavra: coitados, vão ter saudades de Lisboa.
    5) Você não tem pouca ou muita, ou mais propriamente nenhuma vergonha, senão estava muito caladinho. Se fosse o Porto a mandar no país com as suas eloquentes idiotices você já tinha sido calado há muito tempo. Tem dúvidas?

    ResponderEliminar
  4. "Quanto tempo mais é que vai falar do aeroporto de Lisboa?"

    Porquê? Incomoda-o? Estou a ver que você é daqueles que, quando não tem argumentos para justificar o injustificável, evita falar nos assuntos em vez de reconhecer que o que se passou foi de facto uma vergonha.

    "No que toca a violência e pouca vergonha o FCP e seus muchachos serão lideres para a eternidade."

    Pelo menos é essa a ideia que você e os seus amiguinhos pretendem manter viva. Mas olhe que, se você sair um pouco desse mundinho em que vive, protegido por uma comunicação social corrupta e vendida aos interesses do Benfica que só o deixam ver aquilo que lhe agrada, talvez constate que as pessoas de Norte a Sul já perceberam que o clube da Luz não é exemplo a seguir. Esta história dos túneis está a deixar à vista de todos as tácticas de guerrilha a que o SLB recorre para ganhar o campeonato a todo o custo. Caiu-vos a máscara e ainda nem sequer chegamos ao Carnaval.

    "No tunel da Luz o que as imagens mostraram foi um imbecil a pontapear a manga"

    Quem deu um pontapé na manga foi o Fernando que não agrediu ninguém. Se isso é motivo para os jagunços irem provocar e insultar os jogadores do Porto, então já vale tudo na vossa mente doentia.
    E por que não fala das imagens da época passada em que os jagunços do SLB foram desviar as câmaras para poderem distribuir pontapés à vontade? É a isso que você chama de "comportamento civilizado"? Só se for à moda de Lisboa!
    Se a CD da Liga não andasse a mando do Vieira, o Benfica não se limitaria a uma simples multa, mas a uma interdição do estádio por vários jogos que era para ver se aprendem a controlar os cães raivosos que põem no túnel a provocar e agredir os adversários. E se as autoridades de Lisboa não tivessem sempre tanta relutância em actuar sempre que estão em jogo os interesses do Benfica, essa escumalha a que chamam "seguranças" estaria agora a esperar julgamento por agressão. Mas o que se pode esperar dessa gente, supostamente responsável pela manutenção e imposição das leis, quando vêem um adepto invadir o campo com o jogo a decorrer para ir agredir o juiz-de-linha e assobiam para o ar fazendo de conta que não se passou nada? Ah, deixe-me adivinhar, também não vai querer falar disto, pois não?

    "Aliás o seu conceito de igualdade é o Porto mais e melhor que todos, depois logo se vê."

    Você, quando não tem argumentos, inventa falsas acusações, o que, diga-se de passagem, constitui uma atitude típica de benfiquista, habituado a manipular e enxovalhar toda a gente ao seu redor. As minhas ideias são claras e explícitas no meu blogue. Não considero o Porto superior a ninguém, antes pelo contrário, defendo a igualdade para todos os portugueses, coisa que os lisboetas, mesquinhos e interesseiros, não querem!
    Não tenho o dever nem a obrigação de defender os outros porque todos têm o direito de se defenderem a si próprios, mas já tomei aqui o partido de outras regiões, como Aveiro e Algarve. Se você não se deu ao trabalho de ler então não fale daquilo que não sabe.
    A minha causa é a causa da Regionalização e essa é benéfica para todos aqueles que sofrem com o centralismo absurdo de Lisboa que está a deixar o país à beira da ruína.

    ResponderEliminar
  5. "O Porto está abaixo de Lisboa nos indicadores mas está perto enquanto que outras regiões estão a milhas."

    Você dá mostras de não perceber absolutamente nada daquilo que está a falar. A região de Lisboa e Vale do Tejo é considerada pela UE como estando acima da média europeia, enquanto que o Norte de Portugal (incluindo o Porto) está entre as regiões mais pobres da Europa. Mesmo assim, Lisboa continua a sugar para si o grosso do investimento público sob o pretexto de que esse investimento beneficia indirectamente o resto do país. Já ninguém acredita nesta falácia! Já ninguém acredita que a maior ponte da Europa, o Centro Cultural de Belém, a Exposição Universal, o TGV, o novo aeroporto e todas as restantes obras ego-centristas de Lisboa beneficiam outros que não os lisboetas! E perante isto, você acho que alguém neste país terá saudades da gestão danosa de Lisboa?

    "Se fosse o Porto a mandar no país com as suas eloquentes idiotices você já tinha sido calado há muito tempo. Tem dúvidas?"

    Você ficaria surpreendido se soubesse como as minhas "idiotices" reflectem a maneira de pensar de muita gente neste país. Os lisboetas andam há demasiado tempo a brincar com o destino de Portugal e os cidadãos estão a começar a perceber que está na hora de mudar o rumo dos acontecimentos.

    P.S. - Aproveitem bem a merda da corrida dos aviões. Será a última coisa que roubam ao Porto.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo, se a burrice pagasse imposto, você estaria falido....

    ResponderEliminar
  7. O anónimo inteligente é mais um que advoga em causa própria, assim é fácil sermos nós os inteligentes e os outros os burros, não é seu grande animal e besta? É uma proximidade ao que designa por corrupção muito em voga nas vossas hostes. Depois é mais um preocupado com as finanças dos outros, esteja descansado que eu pago os meus impostos porque respeito e aceito as leis do país onde vivo e quando não aceitar vou-me embora. Não ficarei cá a vomitar ódio sobre os que conseguem o que não consigo, quando muito tentarei também conseguir, fazer algo por isso. O anónimo “inteligente” e o autor do blogue já fizeram algo para também terem (honestamente) o tanto criticam nos que têm? Ou estão à espera que lhes dêem, que é o que está na moda? Não se tem, faz-se barulho e o papel de coitadinho e depois o “mísero” poder comandado por Lisboa dá sempre qualquer coisa.
    Respondendo ao autor do blogue:
    1) O aeroporto de Lisboa não me incomoda, só lhe lembrei que fala sempre do mesmo. Não desculpo as atitudes incorrectas seja de quem for e existem muitas dos clubes de Lisboa, repare, englobo todos. Pena é que você não veja as do seu clube e tente justificá-las e desculpar-lhas. O que se passou foi uma vergonha especialmente por os jogadores do FCP não se saberem comportar.
    2) Você ainda não percebeu que a comunicação social publica o que vende, ponto, inclusivé, o seu famoso “Jogo”. E não vale a pena atirar pedra a Lisboa e ao Benfica por isso, pode atirar pedras, uma vez mais estupidamente, a quem compra esses jornais que os mantém vivos. O SLB não precisa de túneis para ganhar, quem precisou de corrupção para ganhar campeonatos foi o seu clube, e isso sim, de Norte a Sul todos sabem. Uma vez mais o problema é que o FCP não está à frente senão tal como nos anos em que estavam não havia problema nenhum. Quanto a violência, não há dúvidas, vocês lideram, mas Lisboa ainda não ardeu.
    3) Se percebeu o que escrevi, deve ter notado que uma incorrecção não justifica outra incorrecção. Não sei como alega que os jogadores foram insultados, as imagens não tinham som, se calhar foram chamados à atenção por terem pontapeado manga e estarem onde não deviam. Prove o contrário. Mas se na sua lógica, o pontapé não justifica os insultos, se é que os houve, então os insultos justificam as agressões claramente mostradas pelas imagens. Deve ser civilização à moda do FCP! Quanto a 2008, sendo o FCP tão insultado e prejudicado porque não apresentou queixa? Se calhar interessou que o caso ficasse por ali! Por seria? Coisa boa não era? Quanto ao adepto, foi noticiado que foi presente a tribunal e proibido temporariamente de entrar em estádios. O que queria, que fosse morto porque era do Benfica?
    4) Se considera igualdade para todos deve condenar sem qualquer dúvida a actuação o seu presidente. Muito pelo contrário só ainda o defende, portanto igualdade dessa, não obrigado. E se de facto a “sua regionalização” é assim tão boa, porque só ataca o Benfica? Em Lisboa, também há o Sporting, Belenenses, Atlético, Oriental, etc, mas claro esses não fazem “mossa” à vossa pretensa superioridade. Para o descansar, penso que as pessoas não superiores ou inferiores devido ao local de nascimento ou à opção clubista, coisa que você obviamente não partilha, porque os Benfiquistas Lisboetas são a escumalha segundo as suas palavras. Claro que você só defende quem quer, mas se quer enfrentar as injustiças do centralismo, comece por defender quem é mais vitimizado, porque não é a região do Porto, felizmente. Existem sim, outras bem mais vítimas do sistema existente. No entanto, uma vez mais, lembro-lhe que o Porto com o seu 2º maior círculo eleitoral do País, é o 2º responsável por tudo o que se passa de bom e de mau e da ruína que você profetiza. Já não falo dos órgãos tutelados por Portuenses.

    ResponderEliminar
  8. 5) Quanto às obras, concordo com algumas e discordo de outras, mas pergunto, foram só decididas por Lisboetas? Não sei se estou mal informado mas o TGV não vai também passar pelo Porto? Então e Casa da Música que foi um descalabro orçamental, é no Porto não é? Então e a remodelação do aeroporto Sá Carneiro da qual não se está a tirar o devido proveito por falta de movimento? Se calhar há obras discutíveis em todo o lado, até ao seu lado. Consegue perceber?
    6) Se as suas idiotices tivessem o eco que pretende ter o Benfica não seria o clube com maiores audiências nos estádios, são factos, não é o LFV nem a imprensa que você tanto acusa. Quanto a Lisboa já teria deixado de ser a capital, afinal não é à falta de quem quer isso, o PC o Alberto João e outros arruaceiros nacionais como você. A questão é que efectivamente o que existe tem muita coisa mal e muita coisa para melhorar, mas o que existe já saiu do controlo dos Lisboetas há muito tempo. Em termos de poder Lisboa é uma cidade cosmopolita ao nível nacional, como tal é estúpido atirar pedras aos Lisboetas. De igual forma é estúpido atirar pedras ao Benfica por ser o único clube que em Portugal discute com o FCP. Para terminar, boas e más pessoas existem em todas as cidades como adeptos de todos os clubes.

    P.S. – Perdeu a pose e recorreu ao vernáculo. Está convidado para vir ver a “merda” dos aviões. Os “mouros parolos de pronúncia efeminada” limitar-se-ão a sorrir com respeito se você trocar os “b’s” com os “v’s”, ou se disser muitas vezes carago, ou pedir um fino e um cimbalino. Será bem atendido. No que toca ao que você chama roubar, duvido que seja a última coisa, você irá encontrar mais uma serie delas que Lisboa irá roubar ao Porto. Porque que disse que era a última? Vai marchar sobre Lisboa? Vai haver revolta, revolução?

    ResponderEliminar
  9. "O anónimo inteligente é mais um que advoga em causa própria"

    E não é isso que você faz?

    "Não ficarei cá a vomitar ódio sobre os que conseguem o que não consigo."

    E não é isso que os benfiquistas fazem em relação ao FC Porto desde há 25 anos?

    "Ou estão à espera que lhes dêem, que é o que está na moda?"

    Esta frase é paradigmática da maneira hipócrita de pensar lisboeta. Aquilo que Lisboa tem é aquilo que o país produz e que a UE nos cede para investirmos no desenvolvimento do país. Quem é que deu a Lisboa o direito divino de usar abusivamente o grosso dessa riqueza que é de todos nós em benefício próprio, encarando as demais regiões do país como meros pedintes a quem cede ou deixa de ceder os fundos conforme as suas próprias vontades e interesses mesquinhos? Cada cidadão que trabalha e paga os seus impostos tem o direito de exigir igualdade de tratamento e é isso que o Porto exige: igualdade!
    Quanto à moda de pedir, concordo consigo. Os portugueses habituaram-se a pedir, algo que me abomina, mas de quem é a culpa? Foi Lisboa quem originou essa situação ao obrigar as pessoas a pedir para poderem ter acesso ao mínimo que lhes é devido. Trata-se de uma forma obscena e vergonhosa da Capital manter tudo e todos debaixo do seu domínio.

    “O que se passou foi uma vergonha especialmente por os jogadores do FCP não se saberem comportar.”

    O que se passou foi de facto uma vergonha, mas aconteceu unicamente porque o Benfica contratou dois ou três indivíduos que colocou propositadamente no túnel da Luz para provocar, insultar e agredir os adversários. As imagens colocadas no YouTube sobre os incidentes da época passada não deixam dúvidas a ninguém: tratou-se de um acto deliberado e premeditado.

    “Você ainda não percebeu que a comunicação social publica o que vende, ponto, inclusivé, o seu famoso Jogo.”

    O jornalismo deve reger-se, acima de qualquer outro factor, por princípios democráticos de isenção e imparcialidade, e respeitar a ética profissional. Um jornal que procede de acordo com os rendimentos, manipulando a informação em função dos interesses do seu público-alvo, torna-se intelectualmente corrupto e, como tal, perde o direito de ser encarado e tratado como um órgão de comunicação social legítimo.
    As notícias recentemente publicadas pelo jornal A Bola dando conta de que as imagens das câmaras de vídeo-vigilância comprovavam a existência de agressões de Helton, Rodrigues e Fucile a elementos da segurança da Luz foram completamente desmentidas pelo visionamento das mesmas imagens, comprovando-se assim que este jornal não tem qualquer pudor em mentir descaradamente com o objectivo de agradar ao público benfiquista. Como tal, não merece ser encarado e respeitado como um órgão de comunicação social mas como um órgão informativo exclusivo do SL Benfica equiparável à revista Mística ou ao canal Benfica TV.

    ResponderEliminar
  10. “Quanto a violência, não há dúvidas, vocês lideram, mas Lisboa ainda não ardeu.”

    Nós lideramos??? Então responda: Qual foi a claque nacional que montou uma emboscada ao autocarro do FC Porto à saída do Estádio da Luz e que mandou um jogador de hóquei para o hospital com um afundamento no crânio graças a uma bastonada na cabeça? Qual foi a claque nacional que assassinou um adepto no Estádio Nacional trespassando-lhe o peito com um very-light? Qual foi a claque nacional que incendiou recentemente o autocarro alugado pela claque portista? Qual foi a claque nacional que viu um dos seus elementos invadir o jogo para agredir um juiz-de-linha, passando completamente impune aos olhos das autoridades apesar da lei punir tais infracções com a interdição do estádio? Qual é a claque nacional que se encontra com um processo na Justiça por tráfico de droga e comércio de armas, material esse que foi encontrado DENTRO das instalações do Estádio da Luz? Qual foi o clube nacional que foi punido com a perda do campeonato de juniores porque a sua claque interrompeu o jogo decisivo à pedrada?
    Quer que eu continue a lista ou já chega? E ainda tem a distinta lata de dizer que somos nós que lideramos em questões de violência? Se você tivesse um pingo de vergonha na cara nem sequer abordava esse tema!

    “Não sei como alega que os jogadores foram insultados, as imagens não tinham som, se calhar foram chamados à atenção por terem pontapeado manga e estarem onde não deviam.”

    Já ouviu falar em “testemunhos presenciais”???

    “Quanto a 2008, sendo o FCP tão insultado e prejudicado porque não apresentou queixa?”

    Pelo mesmo motivo que o Rúbem Micael e o treinador Manuel Machado denunciaram os insultos e agressões ocorridos no túnel da Luz logo após o jogo Benfica-Nacional e a CD da Liga assobiou para o ar fingindo que não ouviu nada.
    Recorde-se que a PSP emitiu um relatório em que fazia alusão aos incidentes ocorridos no túnel da Luz após o jogo Benfica-Porto de 2008, mas a CD, mesma na posse desse relatório e existindo imagens das câmaras de vídeo-vigilância que comprovavam a agressão, não demonstrou o mais pequeno interesse em agir (aliás, tal como também acontece agora, uma vez que se prepara para deixar cair essa situação no esquecimento mesmo depois de ter sido denunciada publicamente). Este “desinteresse” da Liga mesmo perante testemunhos credíveis e meios de prova irrefutáveis denuncia a sua falta de imparcialidade e explica o porquê dos clubes já nem se darem ao trabalho de apresentar queixa. Enquanto lá estiver um indivíduo chamado Ricardo Costa, é pura perda de tempo.

    ResponderEliminar
  11. “Claro que você só defende quem quer, mas se quer enfrentar as injustiças do centralismo, comece por defender quem é mais vitimizado, porque não é a região do Porto, felizmente.”

    Eu já referi aqui que considero existir em Portugal várias regiões muito mais prejudicadas do que o Porto, mas também não tenho quaisquer dúvidas de que tal só acontece porque o Porto não deixa de reclamar e exigir aquilo a que tem direito. No dia em que o Porto se calar, cairá também no esquecimento e no abandono completo.
    A partir do momento em que eu considero a Regionalização benéfica para todo o país, então eu estou a defender todas as regiões e não apenas o Porto. Agora, eu não tenho a obrigação de falar pela boca dos outros porque cada um é livre de se defender e lutar pelos seus interesses. O que eu apelo, isso sim, é para que cada cidadão reclame e exija aquilo a que tem direito, combatendo assim o centralismo absurdo com que Lisboa asfixia o país impedindo o seu desenvolvimento justo e homogéneo.

    “Não sei se estou mal informado mas o TGV não vai também passar pelo Porto?”

    Porto e Lisboa já estão unidas pelo Inter-cidades, não havendo necessidade de uma linha de alta-velocidade a unir as duas principais cidades do país. A ligação mais rápida e económica à rede de TGV espanhola seria feita ligando o Porto a Vigo (que era o que estava inicialmente previsto), mas como Lisboa não podia ficar de fora, vai estourar milhares de milhões de euros outra ligação directa a Madrid que só deve servir para os madrileños virem fazer praia para a Costa da Caparica. É assim que a Capital gere a riqueza do país.

    “Se as suas idiotices tivessem o eco que pretende ter o Benfica não seria o clube com maiores audiências nos estádios, são factos, não é o LFV nem a imprensa que você tanto acusa.”

    O Benfica tem realmente as maiores assistências nos estádios porque, graças à propaganda que o eleva acima de todos os outros clubes, mantém a maior massa adepta entre os portugueses. Mas no dia em que as pessoas perceberem que esse clube não corresponde minimamente à imagem de grandeza fictícia propagandeada, quando os portugueses começarem a abrir os olhos e virem que estão a ser manipulados, como se de carneiros se tratassem, em nome dos interesses mesquinhos da Capital, então as coisas mudarão.

    ResponderEliminar
  12. "Perdeu a pose e recorreu ao vernáculo."

    Perdi a pose por ter dito "merda"? Santa ignorância! Fique sabendo duas coisas: primeira, que a palavra "merda" vem em qualquer bom dicionário de língua portuguesa (e não apenas do calão); segunda, que vernáculo significa "correcção", "pureza no falar". Aprenda, que é para não cair no ridículo.


    "Está convidado para vir ver a “merda” dos aviões."

    Ui, você também disse a palavra proibida, veja lá se a mãezinha lhe põe pimenta na língua...
    Eu vi a primeira corrida e fartei-me. Não saí de casa para a ir ver novamente nos dois últimos anos e muito menos faria 300 quilómetros para a ir ver a Lisboa, portanto, faça bom proveito.
    Quanto ao trocar os "v's" pelos "b's", deixo-vos sorrir à vontade. Também eu sorrio quando ouço os alfacinhas trocarem os "b's" pelos "v's" dizendo "vonva" em vez de "bomba", o fonema "ei" por "ãi" dizendo "dinhãiro" em vez de "dinheiro" e "fríu" em vez de "frio". As características próprias da pronúncia alfacinha são tão evidentes que se distinguem à légua, mas os lisboetas, do alto da sua arrogância e petulância, nem se conseguem aperceber.

    “Vai haver revolta, revolução?”

    Os lisboetas, acomodados como estão no seu modo de vida, não têm consciência da gravidade da situação, mas posso garantir-lhe desde já que as pessoas estão cada vez mais revoltadas e que a paciência está a atingir os limites.
    Se os lisboetas não fossem tão absurdamente mesquinhos, arrogantes e pedantes, tentariam responsavelmente compreender os protestos, aceitar as críticas e procurar soluções para os problemas. Se tivessem consciência de que, de cada vez que se gastam milhões de euros em novas obras supérfluas em Lisboa que apenas servem para alimentar o vosso egocentrismo, existem mais e mais portugueses descontentes por verem fechar hospitais, maternidades, centros de saúde e escolas por todo o país, talvez mudassem de atitude e merecessem maior respeito. Em vez disso, refugiam-se constantemente nessa postura de donos da razão e da verdade, escondendo a cabeça na areia e chamando “idiotices” a tudo o que não lhes interessa ouvir. Isto não vai acabar bem. Depois não digam que não estavam avisados.

    ResponderEliminar
  13. gostaria que me dissessem se eu quando vou ver o benfica com o meu filho mais novo(9 anos) e vejo os adeptos do porto com cartazes a dizer"queremos ver lisboa a arder" e "SLB filhos da puta" e "vao prá cona da vossa mãe" se não estamos os dois a ser insultados... tristeza...são mesmo pequeninos voçês...

    ResponderEliminar
  14. "gostaria que me dissessem... se não estamos os dois a ser insultados..."

    Obviamente que estão. Insultos mais explícitos do que esses não podem ser. Mas aconselho-o a não olhar apenas para a claque portista, pois se prestar atenção às claques do seu Benfica verá muitos cachecóis com dizeres semelhantes contra os "tripeiros". Imagino que isso já não o incomodará tanto assim, nem considerará esse facto como uma demonstração de pequenez por parte do clube lisboeta. Porventura, até o seu filho de 9 anos já deverá ter aprendido a proferir alguns impropérios contra os "inimigos" do Norte, mas esse tem desculpa porque ainda não pensa pela sua própria cabeça.
    De resto, não consigo entender a ligação que procura estabelecer entre as atitudes das claques e a atitude persecutória e doentia de um artista que, usando e abusando do seu mediatismo, se dá ao luxo de achincalhar e insultar continuamente um clube português, esquecendo-se que existe mais de um milhão de portugueses que se identificam com as suas cores.

    P.S. - Deixe os seus filhos serem felizes. Tenha a coragem e a decência de lhes dar a liberdade de escolherem o clube do seu coração de livre arbítrio em vez de os induzir a gostarem do Benfica só porque o paizinho assim quer.

    ResponderEliminar
  15. Já agora, deixe-me relatar-lhe um caso que me parece interessante:
    Eu tenho um vizinho que, não obstante ter nascido no Norte, torce fanaticamente pelo Benfica (aliás, a exemplo do que acontece com muita gente que nasce em vilas e aldeias de Portugal e que, não possuindo nada de que se orgulhar, optam por se dizerem adeptos do clube lisboeta pensando que isso lhes atribui um estatuto mais elevado, não percebendo que tal atitude põe a nu o seu provincianismo). Esse meu vizinho tem um filho com 10 anos que, para grande desgosto do pai, torce pelo FC Porto.
    Ora, o meu vizinho, na tentativa de virar a cabeça ao miúdo, lembrou-se de o levar ao Estádio da Luz ver um Benfica-Paços de Ferreira, convencido de que o puto viria de lá abismado com a "grandeza" do Inferno da Luz e rendido ao benfiquismo. Pois o tiro saiu-lhe pela culatra! O miúdo assistiu a tantos insultos aos portistas e aos "tripeiros" em geral que veio de lá a chorar e a dizer que nunca mais quer por os pés naquele estádio. E sabe o que é mais curioso? É que o próprio pai, sempre tão enérgico na defesa do SLB nas discussões de café, agora até se mostra mais recatado e alheado do seu benfiquismo, provavelmente por se ter sentido culpado de ter proporcionado ao filho (e a ele próprio) uma tão amarga experiência.

    ResponderEliminar