segunda-feira, 17 de maio de 2010

Fechar a época a duas chaves

O Porto conquistou ontem aquele que é considerado por todos os portistas como um prémio de consolação de uma época, a todos os níveis, sofrível. Não que a Taça de Portugal possa ser considerada uma competição secundária (não o é, nunca o foi e dificilmente o será) mas, para um equipa que, nos últimos anos, habituou os seus adeptos a conquistar tudo o que há para conquistar (incluindo uma Taça UEFA e uma Liga dos Campeões), é difícil que este troféu consiga satisfazer o ego dos adeptos azuis e brancos.
O FC Porto podia ter fechado a época a sete chaves mas, em grande parte devido ao desacerto de Hulk no momento de rematar à baliza e também à descompressão demonstrada pela equipa na segunda parte da partida, ficou-se pelo trinco e o ferrolho. O Chaves, com inteiro mérito, marcou um golo de honra e perdeu pela margem mínima, pelo que as duas equipas saíram do Jamor com a consciência do dever cumprido, com mais motivos de festa obviamente para os azuis e brancos que trouxeram mais uma Taça de Portugal para juntar às catorze que já existiam na sua galeria de troféus. Pouco, ainda assim, para uma equipa com tanta sede de conquista.

19 comentários:

  1. Pouco ainda se está a chamar o Benfica a isto,se é o caso,ainda faltam ganhar "9" para igualarem o palmarés do Glorioso.O Jogo foi muito fraquito,digamos que estavam duas equipas de valor muito semelhante e que a sorte até bafejou o Porto.Parabéns por mais essa grande Vitória.

    ResponderEliminar
  2. Apagar os comentários do Marinho,não é um bocado deitar a toalha ao chão,estava um no "Resumo da liga" e já lá não mora,acabaram-se os argumentos ou dá uma trabalheira do caraças responder?rs.Abraço.

    ResponderEliminar
  3. Parafraseando o v. lídimo treinador, "vocês não me querem mesmo aqui". Só que eu, como ele, benfiquista, não desisto às primeiras. Se o Jesualdo aguenta 4 anos disto eu também aguento bem umas quantas apagadelas. Só que isto da net é lixado: nem as escutas no youtube se apagam só porque nós assim o desejamos, quanto mais a minha vontade em continuar a "calcetar" este pavimento tão cheio de buracos negros.

    ResponderEliminar
  4. Comentário curto para o congratular (sem ironias) por este post. Receei (e confesso que era o que previa) que o primeiro post após a vitória do FCP na final da Taca fosse sobre o Benfica, LFV ou o CD da Liga. Não só não foi, como ainda olhou para dentro e demonstrou algum sentido crítico em relacão ao seu clube, algo que ainda não tinha visto, nem nas discussões que travámos nem nas 5 ou 6 paginas deste blog que consultei. Só posso desejar que não seja uma flutuacão...uma anormalidade estatística...Cumprimentos!

    ResponderEliminar
  5. E o próximo treinador é, para manter a mesma linha de benfiquismo reprimido... Fernando Santos! Bem, também podia ser o Paulo Bento, mas este sempre é inginheiro, carago! Seja como(quem) for, a verdade é que terá que ser benfiquista. Só com benfiquistas ao comando é que podem ambicionar o sucesso (cf. Artur Jorge, Inginheiro, Jesualdo; até o Pedroto, depois de lhe terem feito falsas promessas, é senhor para ter puxado da sua costela benfiquista). Boa sorte, gostamos de competidores à altura.

    ResponderEliminar
  6. E o Mourinho, pá. Esqueci-me dele por ser o mais benfiquista de todos os citados. Scusa bambino.

    ResponderEliminar
  7. Está a ficar democrático este blog,já não apagam os comentários do Marinho o que é desde já uma boa noticia gosto de o ler.Quem fala assim não é gago.Mikos

    ResponderEliminar
  8. Quem acompanha este blogue sabe que não é minha política apagar quaisquer comentários, com a excepção daqueles cujo conteúdo é estritamente insultuoso. Tal procedimento advém da minha intenção de fazer deste blogue um espaço pluralista e democrático, onde todos, independentemente da sua filiação clubística, se possam sentir livres de intervir e dar a sua opinião, à semelhança do país que eu desejo e pelo qual luto. No entanto, a exemplo do que se passa em Portugal, também aqui há pessoas que confundem liberdade com abuso e democracia com anarquia.
    Já por várias vezes fui criticado pelos adeptos do meu próprio clube por ser demasiado tolerante com algumas atitudes grosseiras e até ofensivas por parte de adeptos benfiquistas, mas nem assim mudei de filosofia em nome dos valores que defendo, o que constitui uma demonstração do espírito democrático com que encaro esta questão. No entanto, verifica-se que algumas pessoas insistem em responder às minhas argumentações com ataques directos à minha pessoa, numa clara tentativa de transformar o debate futebolístico em questiúnculas pessoais de baixo nível, e outras ainda cuja participação se tem pautado pela alternância de alguns comentários aceitáveis com outros completamente desprovidos de lógica e conteúdo, cujo objectivo parece ser simplesmente gerar a confusão quando são confrontados com argumentos para os quais não possuem resposta ou o rumo das conversas não lhes é inteiramente favorável.
    Por sentir que se estava a ultrapassar o limite do razoável, decidi fazer uso dos meus direitos, enquanto autor do blogue, anulando determinados comentários que, nitidamente, se desviavam dos padrões que considero aceitáveis para a manutenção de um nível de discussão saudável, mesmo tendo a consciência de que tal acto iria servir como “arma de arremesso” para algumas pessoas que, hipocritamente, não perderiam tempo em fazer-se vítimas de “censura”. Na verdade, facilmente se constata que, aqueles que mais se vitimizam e se queixam, são precisamente os que de maior liberdade e tolerância beneficiaram para expressar aqui as suas opiniões, muitas vezes a roçar o insulto. E atendendo ao facto de existirem tantos blogues, afectos a diversos clubes (incluindo o Benfica), que pura e simplesmente interditam a participação de adeptos rivais, acusar este blogue de censura é, no mínimo, caricato.
    Considerem-se convidados nesta casa onde todos são bem-vindos. Comportem-se como tal.

    ResponderEliminar
  9. "Receei (e confesso que era o que previa) que o primeiro post após a vitória do FCP na final da Taca fosse sobre o Benfica, LFV ou o CD da Liga."

    Agradeço as suas congratulações. Chamo-lhe, no entanto, a atenção para um facto curioso: o primeiro comentário ao meu post, escrito por um anónimo claramente afecto à cor encarnada, procurou imediatamente estabelecer uma ligação entre aquilo que eu escrevi e o Benfica, ironizando mesmo com o facto do clube da Luz possuir mais troféus do que o FC Porto.
    Não tenha dúvidas de que, se o Benfica é alvo de demasiadas atenções (para bem e para mal), é porque assim o pretende e fomenta, já que necessita desse protagonismo como meio de sustentação de uma imagem de grandeza e de superioridade que há muito deixou de justificar por meios desportivos.
    Cumprimentos.

    ResponderEliminar
  10. "Artur Jorge, Inginheiro, Jesualdo; até o Pedroto,... E o Mourinho, pá"

    Curiosamente, de todos esses treinadores "benfiquistas" apenas um, o Pedroto, não passou pela Luz. Todos os restantes treinaram o Benfica, sem sucesso. Já agora, o Manuel José não é também benfiquista? Foi despedido por incompetência, tal como aconteceu com o... Mourinho.

    ResponderEliminar
  11. "ainda faltam ganhar "9" para igualarem o palmarés do Glorioso"

    Talvez. Mas, há uma semana atrás, faltavam 10.

    "a sorte até bafejou o Porto."

    A sorte protege os audazes. A Comissão Disciplinar protege os outros.

    ResponderEliminar
  12. "A sorte protege os audazes.A comissão Disciplinar protege os outros"...

    Perante uma afirmação destas como é possível discutir estas coisas com alguma seriedade?Admitindo que nem tudo tenha sido bem decidido pela comissão disciplinar este ano,é o Porto,envolvido em tudo o que é escândalo ultimamente,tudo tão evidente nas escutas que por aí circulam no youtube para quem as quiser ver,que tem moral,cheio de telhados de vidro,que vem atirar pedras?Assim é impossível discutir e trocar ideias com pessoas completamente alienadas.Defendam o vosso clube,mas não tapem o Sol com a peneira.Não vos fica bem....

    ResponderEliminar
  13. A ver se eu entendi: o facto de ter dito que só sentia falta de ver a entrega da Taça Rennie no isento resumo da liga com que presenteia os seus leitores, é um daqueles comentários "cujo conteúdo é estritamente insultuoso"? Ou foram as gargalhadas com que acompanhei o comentário que o aborreceram? Seja qual for o caso, retiro a ofensa mas mantenho o produzido.

    ResponderEliminar
  14. Fale do seu clube,vibre com todas as vitórias já conseguidas(mesmo que "eu" ache algumas pouco claras)deixe de sonhar ou ter pesadelos com o Benfica,isso não lhe faz bem á saúde.Não viva deprimido porque há em Portugal um clube que mesmo sem ganhar nos últimos anos é ainda assim o Clube Português mais conhecido e respeitado Alem Fronteiras.Enquanto estiverem em guerra com tudo e todos,o Porto nunca crescerá,não passará do maior clube Regional de Portugal,e isso para quem ambiciona ser grande convenhamos que é pouco "Carago".Abraços.

    ResponderEliminar
  15. "é o Porto... que vem atirar pedras?"

    Ninguém tem de atirar pedras. São as autoridades do nosso país que têm a obrigação de investigar a podridão que se passa no futebol português, com o mesmo peso e a mesma medida para todos.

    ResponderEliminar
  16. "Seja qual for o caso, retiro a ofensa mas mantenho o produzido."

    A minha mensagem foi clara.

    ResponderEliminar
  17. "o Clube Português mais conhecido e respeitado Alem Fronteiras."

    O clube português mais conhecido e respeitado no estrangeiro é, indiscutivelmente, o FC Porto graças ao prestígio adquirido com as conquistas internacionais das últimas décadas e as presenças constantes na principal competição europeia.
    O Benfica detém a maior fatia de adeptos apenas entre os portugueses, graças à máquina propagandista lisboeta que vende a marca Benfica envolta numa falsa imagem de grandeza que há muito o clube deixou de justificar.
    O clube da Luz é visto, aos olhos dos estrangeiros, como um clube de grande dimensão mas sem grande prestígio desportivo, pelo que normalmente é bem visto quando sai em sorteio nas competições europeias: é uma presa acessível mas que traz publicidade.

    ResponderEliminar
  18. Atendendo a que na eliminação das provas europeias houve uma difrença positiva a favor do BENFICA, afinal o FCP foi uma presa mais acessível que o BENFICA.
    Antes de abrir a boca, dá jeito pensar, porque 5-0, são 5-0 e diferentes de 4-1.
    Ganhem o que ganharem, nunca, mas nunca chegarão ao prestigio do Benfica, o qual transborda além fronteiras e até continentes com um simples campeonato nacional.
    è uma questão de postura afável e não agressiva ao contrário da do FCP. Não empatia para conquistar quem quer que seja além Porto e pouco mais.

    ResponderEliminar
  19. "Antes de abrir a boca, dá jeito pensar, porque 5-0, são 5-0 e diferentes de 4-1."

    Sim, é uma diferença abismal...
    A verdade é que passaram apenas meia-dúzia de anos desde que o FC Porto conquistou a Taça UEFA e a Liga dos Campeões, enquanto que, no caso do Benfica, há quase 50 anos que o clube não ganha absolutamente nada a nível internacional. É aqui que reside uma diferença verdadeiramente significativa.
    Já agora, você, que tanto se gaba do prestígio do Benfica, já era vivo quando o Benfica chegou, pela última vez, a uma final europeia? É que já lá vão vinte anos...

    "Ganhem o que ganharem, nunca, mas nunca chegarão ao prestigio do Benfica, o qual transborda além fronteiras e até continentes com um simples campeonato nacional."

    Transborda pelos emigrantes portugueses. No que respeita aos estrangeiros, o Benfica não passa de um clube sem prestígio desportivo.

    ResponderEliminar