domingo, 12 de setembro de 2010

António Salvador

A crítica é praticamente unânime em considerar o jogo realizado ontem no Dragão entre o FC Porto e o SC Braga como o melhor das últimas épocas e um dos melhores de sempre no futebol português e a verdade é que tem motivos concretos para tal. As duas equipas, lideradas por dois dos mais jovens e promissores treinadores portugueses da actualidade, protagonizaram uma magnífica exibição e forneceram todos os condimentos necessários para uma grande partida de futebol: golos espectaculares, emoção a rodo, incerteza no resultado, garra e ambição. Se fosse necessário propor um jogo para a propaganda do futebol português além-fronteiras, este seria, sem dúvida, um sério candidato.
A qualidade do futebol praticado por ambas as equipas em confronto veio dissipar qualquer dúvida sobre a justiça da posição que ocupam na tabela classificativa e demonstrar aquilo que a Liga Portuguesa necessita para atingir o nível das melhores ligas europeias: competitividade! Nesse capítulo, é de realçar o excelente trabalho do presidente arsenalista, António Salvador, que, graças a uma política financeira rigorosa e à aposta em jogadores e treinadores jovens e ambiciosos, tem conseguido conquistar a simpatia e apoio de uma massa associativa cada vez maior e elevar o clube a patamares nacionais e internacionais nunca antes conseguidos. Sem dúvida, um exemplo a seguir por muitos outros clubes.

Sem comentários:

Enviar um comentário