terça-feira, 12 de outubro de 2010

Apito Encarnado

Quantas mais conversas deste teor e envolvendo os mesmos protagonistas não terão sido escutadas no âmbito do processo Apito Dourado? Por que motivo as autoridades abafaram o caso, não dando abertura a nenhum processo de investigação? Não estamos aqui na presença de um crime de tráfico de influências? Será que, se as autoridades tivessem investigado, teríamos assistido à arbitragem inqualificável de João Ferreira na Supertaça? E por que motivo é que esta escuta não aparece agora publicada no YouTube? Afinal, o objectivo da divulgação das escutas não é que haja justiça, verdade e transparência?

17 comentários:

  1. Bom dia,é um milagre ter este video hihihihihiihih

    Não arranja o resto do video?

    ResponderEliminar
  2. Orelhas, o penhorado
    http://oantilampiao.blogspot.com/2010/10/orelhas-o-penhorado.html

    ResponderEliminar
  3. Penhorado, em quê?

    Ainda não teve de fugir para Espanha como o criminoso pc, o teu querido padrinho!

    Quanto ao video, quanto o arranjares, podes mete-lo no ...

    Como sabes de nada vale, senão o pc já estava aprodecer à muito tempo na prisão, ou de preferência no cemitério!

    ResponderEliminar
  4. Estes james rodriguez tem pezinhos de la! E gostei de ver os jogadores da casa castro e ukra, muito rapidos e dinamizadores. GOLO MAL ANULADO AO JAMES!!!!
    Somos Porto!

    ResponderEliminar
  5. Desculpem-me, mas em que é que este vídeo é idêntico aos vídeos escutados, (pelo mundo), e correspondentes ao Apito Dourado?!
    Por amnésia, ou propositadamente, não se diz a verdade. O presidente do Belenenses inquirido a este respeito disse na altura que também Valentim lhe tinha telefonado por causa do árbitro. E os que têm mais conhecimento, ou os que quiserem ser mais honestos, sabem que era prática comum escolher o árbitro de acordo com as equipas finalistas na Taça.
    Eu percebo que um site que defende o FCP esteja em desespero por mais escutas reveladas, eu também estaria envergonhado, mas é a verdade nua e crua. O que as personagens disseram está lá, não engana. é como a história do algodão.
    Alimentaram um monstro que cresceu à base da intrujice, e agora custa aceitar.
    Todo os adeptos do futebol devem lamentar esta teia de compadrio, tão em voga neste Portugal, a bem da verdade desportiva. Mas nada mais se pode fazer do que lamentar. porque quem tem o poder de decisão também está envolto na teia.

    Peço desculpa, mas ao olhar para o "Melhor da Semana", tenho que lamentar outra enorme mentira engendrada pelos mesmos. Se não fora a trapaça, o FCP não estaria a comemorar o seu 117º aniversário, mas sim o seu 105º.

    ResponderEliminar
  6. @ anónimo de 17-10 às 22:56

    1) «os que têm mais conhecimento, ou os que quiserem ser mais honestos, sabem que era prática comum escolher o árbitro de acordo com as equipas finalistas na Taça»

    só se sabe de um caso desses - precisamente a escuta da notícia em causa. tudo o resto é falado à "boca pequena".
    no fundamental: todos os clubes - todos, sem excepção, têm os seus "telhados de cristal".

    2) «não fora a trapaça, o FCP não estaria a comemorar o seu 117º aniversário, mas sim o seu 105º»

    não perceber nada de escutas é (em parte) desculpável; insurgir-se na história de um clube centenário sem conhecer minimamente o que se afirma já não o é. é, isso sim, censurável.
    sabe porventura o que levou à alteração da data do centenário? não? então leia este artigo primeiro, ok?

    saudações PENTAcampeãs!

    Tomo I

    ResponderEliminar
  7. Resposta a penta1975

    Pois bem, acredite se quiser que a equipa de arbitragem para a final da Taça era escolhida de acordo com as duas equipas finalistas. Não deve é dizer que apenas se conhece um caso. Diga antes, só conheço este caso porque é este que me interessa. Eu dou-lhe a conhecer (?!), para o caso de não saber: "Pinto de Sousa tentaria contactar Vieira para justificar a mudança, mas o dirigente benfiquista deixou de lhe atender o telefone, o que acabaria por levar Valentim Loureiro a envolver-se num jogo que estava fora da alçada da Liga.". Realço que foi Valentim quem contactou Vieira. Tenho dito.

    A respeito de "não perceber de escutas ser desculpável", reencaminho-lhe o elogio pois dá para perceber que o desespero, perante tantas evidências, tanta trafulhice, faz corar de vergonha o maior fanfarrão. E com tanta nojice, o melhor mesmo é fazer uma barrela.

    Conhecer a história do FCP? Então você também acredita que se criou um clube e depois se fez um interregno, ou que alguém com uma diferença de uma dúzia de anos ia criar um clube que já tinha sido criado? As provas?! Não esqueça, são apenas uma notícia de jornal, não há história, não há presidentes, existe um vazio e naturalmente... trapaça.
    Se o homem conseguiu enganar o Papa...

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  8. @ anónimo

    1)

    «Não deve é dizer que apenas se conhece um caso. Diga antes, só conheço este caso porque é este que me interessa»

    da expressão: «todos os clubes têm os seus "telhados de cristal"» o que é que não percebeu? o acento circunflexo? ou terão sido as aspas?
    o que eu conheço é o que vem na Comunicação Social - para o Bem e para o Mal. e note que as escutas sobre o Pinto da Costa não se referem a "compras" de árbitros... mas que ele não fica bem na "pintura", nisso dou-lhe razão. assim como em receber árbitros, em sua própria casa, na véspera de jogos. já o seu presidente, é um santo não é? pois é, com certeza que é...

    2)

    «o desespero, perante tantas evidências, tanta trafulhice, faz corar de vergonha o maior fanfarrão. E com tanta nojice, o melhor mesmo é fazer uma barrela»

    nas suas próprias palavras: «devolvo-lhe o elogio», o qual serve de complemento (mais do que directo) ao meu sentimento por benfiquistas: não conseguem ser parciais na análise ao Futebol porque não conseguem reconhecer os seus próprios erros. sim!, porque vocês também erram - relembro a vil tentativa de entrar na Champions por jogos de Secretaria, em 2008.

    3)

    «As provas?! Não esqueça, são apenas uma notícia de jornal, não há história, não há presidentes, existe um vazio e naturalmente... trapaça»

    sobre a história do meu clube apenas lhe refiro o seguinte: porque não consultou o artigo que coloquei em hiperligação, desconhece, em absoluto, quem foi José Nicolau de Almeida.

    4)

    já agora e bem a propósito: de imediato e sem consultar o Google, sabe quem foi o primeiro presidente do seu clube?
    eu pedi sem consultar o Google. assim não vale porque está a fazer «trapaça».

    5)

    «Se o homem conseguiu enganar o Papa...»

    esse comentário - de tão inusitado e impróprio para o tema em questão -, dispensava-se, pelo que não descerei ao seu nível.

    saudações PENTAcampeãs!

    Tomo I

    ResponderEliminar
  9. penta1975

    A respeito de telhados de vidro, diga-me por favor se na escuta acima, e é disso que falamos, ouve em qualquer altura da conversa LFV pedir árbitros? Não com certeza! E repito algo que é importante, não foi Vieira que ligou a Valentim, a falar de, ou a pedir, árbitros.

    O SLB tem a sua história feita, sabe quem foram todos os seus presidentes e o que eu quis dizer foi que o FCP num intervalo de tempo não teve presidente porque o clube não existiu. Se quiser entender OK, se não... Daí eu questionar, afirmar (!), que 117 anos é uma trapaça.

    "Vil tentativa de entrar nas Champions" ? Se não fosse a trapaça, mais uma vez, a falsa informação, e se não fosse a questão da retroactividade...

    Quanto ao resto dou-lhe os parabéns se conseguir ser imparcial nas suas análises e se conseguir aceitar:
    - que o FCP ao longo de anos ganhou a maioria dos seus títulos subterraneamente;
    - que o presidente do seu clube durante anos não fez mais do que, pontualmente e estrategicamente, aliar-se a clubes no intuito de enfraquecer o SLB, (e disso é exemplo o pacto com o SCP denunciado por João Rocha e apresentado num Conselho Leonino, como sendo a única forma de o SCP estar todos os anos na Champions);
    - ...

    E ficaríamos assim dias a fio... a desenrolar o novelo. Porque o que os adeptos portistas querem comparar não tem comparação. E ganhando, nada mais lhes interessa.
    Perdoe-me por lhe dizer que estes não são os princípios e os ensinamentos que recebi na minha juventude, e já lá vão muitos anos, e por via disso tenho muita dificuldade em compreender que as pessoas aceitem e aplaudam atitudes como aquelas que o seu presidente toma. E que se rodeie de gente de determinado calibre.

    Saudações

    ResponderEliminar
  10. 1)

    um reparo muito importante:

    o primeiro presidente do meu clube foi António Nicolau de Almeida, e não o outro sr. que referi no ponto 3)

    peço aos adeptos portistas as minhas mais sinceras desculpas pelo lamentável lapso.

    2)

    @ anónimo

    por onde começar?

    a)

    «ouve em qualquer altura da conversa LFV pedir árbitros? Não com certeza!»

    cito a notícia publicada no jornal diário PÚBLICO: «O João... Pode vir o João. Agora o que eu queria... (...) Disseram que era o Paulo Paraty o árbitro... O Paulo Paraty! Agora, dizem-me a mim, que não tenho preferência de ninguém (...) à última hora, vêm-me dizer que já não pode ser o Paulo Paraty, por causa do Belenenses».

    b)

    «o FCP num intervalo de tempo não teve presidente porque o clube não existiu»

    com essa afirmação também está a sonegar os primórdios da fundação do seu clube, caso não o saiba. enfim, estaríamos a Eternidade a debater este tópico. sinceramente, não tenho «todo o tempo do Mundo» para tal. desculpe.

    c)

    sobre a «vil tentativa» de entrada na Champions, em 2008, não retiro uma vírgula ao que escrevi pois é o meu sentimento. e como «quem não sente não é filho de boa gente»...

    d)

    «o FCP ao longo de anos ganhou a maioria dos seus títulos subterraneamente»

    a nossa forma foi tão «subterrânea» quanto a vossa última conquista - à custa de "túneis" e outros quejandos -, quando não havia necessidade pois praticaram (indiscutivelmente) melhor futebol do que nós durante grande parte do Campeonato.

    e)

    «Porque o que os adeptos portistas querem comparar não tem comparação. E ganhando, nada mais lhes interessa»

    desculpe mas não me revejo nestas suas palavras. poderá porventura conhecer portistas que pensem desta forma; eu não! não gosto de ganhar a qualquer custo, assim como não me custa felicitar o adversário quando nos é superior. posso não gostar - pois sofro, como adepto, pelo clube do meu coração -, mas sou desportista a esse ponto.

    no fundamental e para terminar este "diálogo de surdos", dado que manteremos as nossas convicções sem qualquer hipótese de (eventuais) cedências: recomendo a leitura (atenta) deste artigo de opinião.

    saudações PENTAcampeãs!

    Tomo I

    ResponderEliminar
  11. Desculpem meter-me na vossa discussão, mas há aqui alguns aspectos que não posso deixar passar sem um comentário:

    1) Quando uma pessoa vai a um restaurante e, perante o menu que lhe é apresentado, vai eliminando os pratos que não lhe agradam até ficar com um que vai ao encontro do seu gosto, essa pessoa está a fazer uma escolha de livre arbítrio. Da mesma forma, parece-me evidente que Valentim Loureiro deu ao presidente do SLB a liberdade de decidir o nome do árbitro que mais lhe interessava, permitindo que este fosse recusando vários nomes de árbitros até acabar por escolher João Ferreira. Esta situação representa um claro e indiscutível crime de tráfico de influências.

    2) Poderão vir agora tentar branquear este crime dizendo que a prática de colocar o árbitro à escolha dos presidentes dos clubes envolvidos num determinado jogo era habitual, mas "habitual" não significa o mesmo que "aceitável" e muito menos que "legal". Infelizmente, em Portugal é cada vez mais habitual vermos notícias de novos assaltos todos os dias, mas tal não implica que estes deixem de constituir um crime aos olhos da lei.

    3) Não se sabe ao certo se este foi o único caso em que o presidente do Benfica se viu envolvido ou se foi tão somente o único que caiu no domínio público. Por esse motivo (e uma vez que já foi cometido o crime de quebra do segredo de justiça na divulgação das escutas do Pinto da Costa) seria importante que fosse divulgada totalidade das escutas, incluindo as do Filipe Vieira, no sentido do público poder tirar as devidas ilações sobre o nível de envolvimento do presidente benfiquista nestas práticas.

    4) Da mesma forma que os portistas deverão assumir que não caiu bem para a imagem do FC Porto ver o seu presidente envolvido nos esquemas de bastidor que as escutas denunciam, também se exige que os adeptos do Benfica tenham a dignidade de reconhecer que não fica bem ao seu clube ver o seu presidente encomendar árbitros ao Major Valentim. Tal postura reflecte a hipocrisia e desonestidade daqueles que se armam em defensores da verdade desportiva e da transparência mas que, como se comprova, também sabem fazer uso dos mesmos "hábitos" quando isso lhes convém.

    5) Que todos os clubes têm telhados de vidro já todos percebemos. No entanto, é cada vez mais comum vermos o Benfica arvorar-se em paladino da verdade desportiva, quando toda a gente percebe, através da análise dos casos em que o clube da Luz se viu envolvido ao longo da sua História, que os seus dirigentes e adeptos agem exclusivamente em nome dos seus próprios interesses mesquinhos. Basta ver que as conquistas do clube encarnado da última década estiveram sempre envolvidas em polémica e suspeição (Liga Estorilgate, Campeonato dos Túneis, Lucílio Cup) sem que isso tenha suscitado da parte dos benfiquistas qualquer manifestação de desagrado. Pelo contrário, os festejos desses títulos foram marcados por grande entusiasmo e até há quem se desdobre em desculpas para a sucessão de estratagemas que, na época passada, manipularam de forma flagrante o livre desenrolar do campeonato com o intúito de facilitar a vida ao Benfica.

    6) Afirmar que as vitórias do FC Porto nas últimas décadas se devem apenas a alegados jogos de bastidor é uma afirmação tão desprovida de lógica e de fundamento que pode facilmente ser atribuída a um doentio e fanático mau-perder. Na verdade, é dentro das quatro linhas que as equipas demonstram o seu valor, e é evidente, até aos olhos de um ceguinho, que o Benfica nunca demonstrou ser superior ao Porto.

    7) Apesar de muitos benfiquistas reconhecerem que ocorreram na época passada várias situações suspeitas que poderão ter viciado a verdade da competição, também alegam que o Benfica foi um justo campeão pela qualidade do futebol praticado. Pelo mesmo critério, então as escutas nada valem porque o que interessa é o futebol praticado dentro das quatro linhas e aí o FC Porto foi sempre superior. Ou será que aquilo que para o Benfica é válido, para os outros já não é?

    ResponderEliminar
  12. 8) Há 100 anos atrás, numa altura em que não existiam clubes de futebol em Portugal nem este desporto reunia adeptos entre os portugueses, é perfeitamente natural que o FC Porto tenha encontrado dificuldades para evoluir. Por esse motivo, não me estranha absolutamente nada que, após a sua inauguração, cuja data está perfeitamente documentada, tenham passado cerca de 12 anos até o clube ganhar finalmente força.

    9) Aqueles que vêem na data de inauguração do FCP uma "trapaça" talvez devessem estar mais atentos ao que se passa debaixo do tecto do seu próprio clube. Que eu saiba, o SL Benfica nasceu da junção de dois clubes distintos (e com nomes distintos). Como tal, não se percebe que a data de inauguração oficial do SLB seja assumida como a da inauguração do mais antigo desses clubes, em vez da data em que foi efectuada a união dos mesmos. Se isto não é "trapaça" então expliquem-me o que será.

    ResponderEliminar
  13. (cont.)
    Quem viu as imagens em Braga, com provocações do jogadores bracaristas; com expulsão de Cardozo, não se sabe porquê e fala de túneis...
    Quem depois de ver as atitudes de Fernando ("coice" na manga do Estádio da Luz no final da 1ª parte); a espera provocatória de Hulk à equipa de arbitragem,os pontapés de Sapunaru e teima em lançar culpas sobre os outros e fala de túneis...
    Quem viu o clima de terror, ou não viu, durante e no final do jogo, criado pelos jogadores de Olhão no seu estádio e fala de túneis...
    (Nota: E já agora repare que o que apelida de "campeonato dos de túneis" só ocorreu com o FCP e dois dos seus aliados. E quer-me parecer que na 1ª Liga existem muito mais clubes).
    Quem fala de Lucílios Cup e esquece, aquela final da Taça de Portugal no Jamor, apitada por esse mesmo senhor que permitiu as agressões selváticas dos jogadores portistas, jogo denominado por Mourinho como "Farsa"... e a final da Carlsberg CUP da época passada,jogo apitado por Jorge de Sousa, em que Bruno Alves agrediu barbaramente, desde o início do jogo, vários adversários e continuou em campo, (tal como Meireles e Miguel Lopes deviam ter sido expulsos)…, não é, nem por sombras, fanático.

    Não me faça rir com a história de muitos benfiquistas reconhecerem que ocorreram na época passada várias situações suspeitas que poderão ter viciado a verdade da competição. Você portista, com esse feitiozinho anti-benfica deve, na verdade, ter muitos conhecimentos benfiquistas. A coisa é simples meu caro, a maioria dos portistas, nem sabe ganhar, nem sabe perder.

    ResponderEliminar
  14. (cont.)
    Veja o caso do Guimarães vs Porto em que é indesculpável que Villas-Boas(outro que sonha com o SLB!), com as novas tecnologias, tenha feito aqueles comentários disparatados e depois, (caro amigo, você diz dele que "... e uma clarividência pouco vista no nosso futebol, Villas-Boas soube esperar o momento certo para reconhecer o seu erro...", clarividência e nada de fanatismo na sua(!) atitude).
    Veja o mais recente caso de xenofobia, histerismo, na pessoa do presidente do seu clube que ante uma vitória, saliente-se, na Taça Europa, vem atacar o Benfica. Ele que é autenticamente um Bin Laden e que está para o SLB como o outro está para a América. Ou seja, ódio, muito ódio destilado. E é por esse facto, pelo rancor que nutre, pelos títulos que o SLB tem no seu historial, e por ser o único clube que lhe faz frente, que o seu idolatrado presidente tudo faz, mas tudo mesmo, para prejudicar o Benfica, para o agonizar, e para, obviamente, conseguir títulos para o FCP. E não vale a pena sonegar informações, não vale a pena o senhor esforçar-se para procurar comparações, porque volto a repetir o que antes já disse, foi o seu presidente quem estabeleceu um pacto com um ex-presidente sportinguista (Roquette), no sentido de o Sporting estar sempre presente na Champions. Isto foi apresentado num Conselho Leonino, e mais tarde denunciado (entrevista no jornal Record), por outro ex-presidente leonino, João Rocha.

    ...“...no sentido do público poder tirar as devidas ilações sobre o nível de envolvimento do presidente benfiquista nestas práticas.". O senhor vive de fantasmas, de ses. Acredita que o presidente tal está envolvido, ou pode estar envolvido, mas de facto, a constatação é que é o seu presidente, com muitos amigos, que se dedica a chantagear e manipular situações. E por sorte sua estamos em Portugal, porque com tantas provas, em Itália o FCP estaria nos Regionais.
    E se os "paladinos da verdade", são aqueles que divulgam situações obscuras no futebol, já percebi que o senhor não deve gostar que se descubram criminosos. A sua opinião é a de que se deve deixar um criminoso continuar a saquear porque há outros que o fazem. Mas não esqueça porém que o obreiro do "Apito Dourado", tem nome e é sportinguista – Dias da Cunha.

    ResponderEliminar
  15. (cont.)
    Últimas palavras para falar ainda do seu "Apito Encarnado", no sentido de o esclarecer, pois já entendi que o senhor não sabe a história da nomeação dos árbitros, para a Taça. Aí vai então. Por causa do veto, do SCP, aos árbitros o sempre "prestável" Presidente da Liga, Major Valentim, deu uma conferência de impressa, dizendo que a partir daquele momento para evitar a nomeação de árbitros vetados pelos clubes, para os jogos da Taça (devido à "falta de comunicação" entre Luís Guilherme e Pinto de Sousa), Pinto de Sousa iria perguntar aos clubes envolvidos, antes das nomeações serem feitas, autorização para fazer as mesmas.

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  16. Caro anonimo Benfiquista,

    Não perca tempo com este individuo!

    Tal como o fcp, ele pensa que é o maior e que está cima dos outros. Aponta aos outros mas não deve ter espelhos!

    Como é que sendo adepto do fcp e tendo um presidente como o pc pode apontar o dedo a quem quer que seja?

    Não passa da frustração de Lisboa continuar a ser a capital e o Benfica continuar a ser o o maior clube de Portugal, e não falo só em numero de adeptos, mesmo quando sucumbe à criminalidade do pc.

    ResponderEliminar
  17. meu caro,

    mais uma vez lhe lanço o alerta: enquanto permitir que "aves raras" a tresandar a mofo poisem neste seu espaço, terá que ler "comentários" como o do anónimo [dado que todos os passarinhos que por aqui gravitam só se sabem refugiar na cobardia do anonimato] das 01h50 de 23/20 [nem deve ter dormido a pensar no que iria escrever...] « Não perca tempo com este individuo! Tal como o FCP, ele pensa que é o maior e que está cima dos outros. Aponta aos outros mas não deve ter espelhos! ».

    saudações PENTAcampeãs!

    Tomo I

    ResponderEliminar