sábado, 11 de dezembro de 2010

FC Porto 4 - 0 Juventude de Évora

Num jogo agradável que, como se previa, decorreu de feição ao FC Porto, quero apenas destacar três dados que me pareceram importantes:

 1) O regresso de Álvaro Pereira - O defesa esquerdo encontrava-se lesionado e a sua ausência fez-se notar nos últimos jogos realizados pela equipa portista pois as alternativas disponíveis não se mostraram convincentes. Felizmente, a recuperação do Uruguaio foi muito mais rápida do que se previa e saúda-se o seu regresso à competição, coroado com uma boa exibição, ainda que, aparentemente, não esteja a 100%.

2) Titularidade de James Rodriguez - Muito de disse sobre o potencial deste miúdo, mas a verdade é que o colombiano pouco se tem visto no decorrer da época. As oportunidades não têm sido muitas e o jovem quis aproveitar este jogo para mostrar serviço. Protagonizou uma boa exibição e esteve muito perto de marcar um golo que, por pouco, não aconteceu.

3)  Primeiro golo de Moutinho - Apesar das magníficas exibições de João Moutinho, o médio portista ainda não tinha feito o gosto ao pé desde que começou a envergar a camisola azul-e-branca. A "malapata" foi quebrada esta noite com um belo golo que, esperamos, seja o primeiro de muitos.

1 comentário:

  1. Bom dia,

    Quando apesar do adversário ser de escalão inferior e com menos argumentos, se encara o jogo com seriedade e profissionalismo, o jogo torna-se fácil, os golos surgem naturalmente, e sem ser brilhantes, consegue-se vencer. Foi isso que aconteceu ontem no Dragão.

    O FC Porto foi uma equipa séria, que respeitou o seu adversário como frisou o treinador do Juventude "O treinador do Villas-Boas respeitou muito um clube com 92 anos de existência e meteu os famosos todos cá do sítio. Era bom que acontecesse isto uma vez por mês. Os jogadores puderam conviver com craques, fomos procurados pela imprensa, enfim, desfrutámos de tudo isto e foi um prazer. Pisar um palco destes não é para todos"

    Quanto ao jogo, tivemos jogadas de excelente desenho, jogadores com grandes pormenores técnicos.

    Melhor em campo Palito, que veio de uma lesão, galgou quilómetros, marcou um golo e fez uma assistência.

    James fez um excelente jogo, com uma assistência e participando na mais bela jogada do jogo, com um toque mágico de calcanhar, numa triangulação que culminou com o golo de João Moutinho.

    Guarin, Moutinho e Ruben estiveram muito bem no meio campo, com Ruben e Moutinho a entenderem-se muito bem.

    Na defesa nada a apontar.

    Falcao e Hulk sempre bem.

    Walter merece jogar mais, tal como James, Castro e Ukra. São jovens de grande valor.

    Foi bonito no final ver a festa das gentes de Évora com a sua equipa, apesar da derrota.

    Excelente o ambiente de festa no estádio.
    Isto é a beleza do futebol.

    Abraço e bom fim de semana

    Paulo

    http://pronunciadodragao.blogspot.com/

    ResponderEliminar