quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Frescura alfacinha

Agora compreendemos por que motivo os  lisboetas são chamados "alfacinhas". É que, apesar do adiantado da época, os jogadores do Benfica continuam frescos como alfaces...

9 comentários:

  1. sobre esse tópico, há mais informação aqui

    ps:
    peço desculpa pela "publicidade" a outro sítio, mas lá também se fala a nossa "linguagem" ;)

    saudações desportivas mas sempre pentacampeãs! ;)

    Miguel | Tomo I

    ResponderEliminar
  2. Mais uma vez se não falassem do Benfica, asfixiavam. É o nó na garganta, a suspeição vergonhosa feita por indivíduos que habituados à trapaça, à batota, querem tratar todos de igual forma.
    A alface não é por certo a amarelinha de que tanto se fala para os lados do fcp.
    A receita talvez seja diferente da utilizada pelo dr. Domingos Gomes.
    Tenham um pingo de vergonha e olhem para o vosso apuramento feito à base de um fora de jogo, de Rolando, em Sevilha.

    ResponderEliminar
  3. Caro penta, que me diz deste video:

    http://www.youtube.com/watch?v=ZbCk6UxApoU

    A "linguagem" é coerente ou muda de cor?

    ResponderEliminar
  4. "É o nó na garganta, a suspeição vergonhosa feita por indivíduos que habituados à trapaça, à batota, querem tratar todos de igual forma."

    Está, com certeza, a referir-se aos "campeões dos túneis" e não ao FC Porto.

    "Tenham um pingo de vergonha e olhem para o vosso apuramento feito à base de um fora de jogo, de Rolando, em Sevilha."

    Um pingo de vergonha é o que deve faltar àqueles que têm o descaramento de vir falar em arbitragens depois da actuação claramente tendenciosa do inglês Howard Webb em favor dos espanhóis.

    ResponderEliminar
  5. @ Jota

    eu só «mudo de cor» quando vejo o Guarín falhar golos da forma como o fez ontem ;)

    sobre o CR10:
    não sei que lhe diga - por desconhecer sobre o que escrever.
    eu, por acaso, tenho um (de muitos) tiques que é estar sempre a "coçar" o nariz. tal não me torna um cocainómano, «penso eu de que».
    já o Cebola penso que utilizou um desbloqueador nasal - é o que refere um dos comentadores ao vídeo (e eu acho plausível).
    mas se snifou "algo" ilícito então pergunto: o que raio esteve o quarto árbitro a fazer naqueles momentos? é que foi mesmo nas barbas dele.
    atenção que não estou a afirmar que o CR10 snifou ou deixou de o fazer; o que digo é que, «se há dúvidas, então investigue-se» - ao bom estilo do cineasta subsídio-dependente do "Trio d'Ataque" - tal como se deverá investigar o caso das "pastilhas" naquele jogo de juniores.

    penso que é só.

    ps: Parabéns! pela passagem do seu Benfica aos oitavos-de-final da Liga Europa

    saudações desportivas mas sempre pentacampeãs!

    Miguel | Tomo I

    ResponderEliminar
  6. Caro penta, assim dá gosto! Eu digo-lhe mais: não acredito que Rodriguez estivesse a fazer nada de ilícito. A provocacão foi mesmo no sentido das diferencas de tratamento que os adeptos quer de um lado quer do outro fazem nestas situacões. "O teu anda a meter drogas, mas o meu está com certeza a desbloquear as vias/tomar pastilhas para a tosse (riscar o que nao interessa)". Então a rapaziada do Benfica que aparece nesse vídeo ia tomar doping mesmo nas barbas do árbitro? E era transmitido logo pela BenficaTV? Quanto à questão do doping tenho uma opinião que é igual para todos: os níveis de "substrato" estão controlados ao milimetro, a pisar o risco da legalidade. Os azares acontecem quando o controlo resvala porque se comeu carne estragada, se tomou um medicamento qualquer ou se esteve doente e perdeu peso...

    Os meus parabéns também pela passagem desnecessariamente sofrida, mas mais do que justa. Vejam lá se escorregam antes do jogo da Luz para apimentar isto um bocadinho.

    ResponderEliminar
  7. Fica claro pelas imagens que o jogador leva à boca algo que lhe é passado pelo companheiro e, convenhamos, não é normal os jogadores andarem a tomar coisas no meio dos jogos. Existem aqui motivos para uma investigação, ainda que me pareça que tal não levaria a nada nesta altura. O que é verdadeiramente necessário é que se faça um controlo mais apertado antes de cada jogo porque, aí sim, há muita coisa a ser encoberta.

    ResponderEliminar
  8. Nao sei que jogo era, mas pelas imagens pareceu-me que o jogo estava ou no inicio ou no recomeco após o intervalo. Rodriguez também estava a acabar de entrar para a segunda parte, e tambem não é normal ver jogadores a inalar coisas entras de entrar em campo. Também concordo que o controlo deva ser mais apertado e igual para todos, mas aí, como já fiz questão de escrever antes, estou convencido que todos teriam motivos para recear. O que mais uma vez fica evidente é que você não consegue ter uma unica opinião imparcial neste blog. Como o espaco é seu e eu estou aqui "de visita", obviamente que está no seu direito. E dentro do que já lhe vi escrever, este até nem esta muito mau...

    ResponderEliminar
  9. Caros portistas, o jogo de ontem foi deveras difícil pelo menos até aos 67’minutos pois a equipa da casa causou extremas dificuldades, mas não há nada que um bom e regressado avançado não resolva, e após uma larga ausência Falcão bisou e muito bem, Beluschi não decepcionou e fez um magnifico golo, conclusão mediante as dificuldades vencemos num terreno difícil com uma grande exibição.
    Cumprimentos,
    Webmaster
    www.ultrasfcporto.com

    ResponderEliminar