terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Não pode valer tudo, excepto se...

Na sua recente deslocação ao Dragão, já no trajecto de regresso a Lisboa, o autocarro do Benfica foi atingido por uma pedra arremessada por elementos não identificados. Felizmente não se verificaram vítimas, mas os danos materiais foram bem visíveis. Ora, a propósito desse infeliz incidente, Rui Gomes da Silva, vice-presidente do SLB e comentador do programa Dia Seguinte, veio prontamente atacar a direcção do FC Porto, acusando os dirigentes portistas de nada fazerem para evitar estas situações:

«Acho que o trabalho que tem de ser feito é a nível dos responsáveis pelos clubes, neste caso o FC Porto, que tem de se capacitar que num jogo de futebol não pode valer tudo. As pessoas se forem alertadas para esse facto e, se houver apelos dos responsáveis para que essas situações não se repitam, é possível irmos ao futebol», afirmou o dirigente encarnado.

Entretanto, o Benfica deslocou-se a Setúbal para defrontar o Vitória em jogo a contar para o campeonato e, no final da partida, verificaram-se graves incidentes junto da bancada onde se encontrava a claque encarnada, envolvendo o arremesso de cadeiras, agressões a agentes da autoridade e outros desacatos, o que motivou uma carga policial e a detenção de um adepto benfiquista. Ora, o que fez a direcção do Benfica neste caso? Condenaram os incidentes? Alertaram os adeptos para o facto destas situações serem inaceitáveis? Não é isso que, segundo as sábias palavras do Exmo. Dr. Rui Gomes da Silva, compete aos dirigentes? Pois... só que, neste caso, não só a direcção benfiquista não condenou os actos da sua claque, como ainda veio colocá-la na posição de vítima, acusando a PSP de ter usado "força excessiva". Fica assim claro que Rui Gomes da Silva esqueceu-se de completar a sua frase. O que ele na verdade pretendia afirmar era que num jogo de futebol não pode valer tudo... excepto se for do Benfica.

2 comentários:

  1. Se essa gentinha da luz se metesse na vida deles e se preocupasse com o que se passa debaixo do tecto deles em vez de andarem sempre armados em moralistas da treta é que faziam bem! Já não há paciência para aturar essa corja!

    ResponderEliminar