quinta-feira, 21 de abril de 2011

Obrigado Porto, por tudo o que me dás!

Hoje acordei com a agradável sensação de ter tido um sonho lindo. Levantei-me de rompante, bem desperto e animado, antecipando-me ao despertador. Na cabeça, enquanto tomava o meu duche, palpitavam ainda as emoções vividas horas antes, quando o meu clube do coração me ofereceu mais uma alegria, mais um momento de inigualável orgulho, e estava desejoso de partilhar este sentimento com os meus colegas, amigos e familiares. Hoje, nem os problemas do trabalho, nem as malditas contas para pagar, nem sequer o FMI, conseguiriam apagar o sorriso que trago estampado na face. O FC Porto tem este dom de reescrever o nosso próprio destino, de transformar a nossa simples vivência de comuns mortais, o nosso quotidiano banal e fastidioso,  numa experiência transcendente. Obrigado Porto, por tudo o que me dás! 

Sem comentários:

Enviar um comentário