sábado, 10 de março de 2012

O "novo Messi"

Não são de prever para o embate de hoje grandes alterações na equipa portista em relação ao jogo com o Benfica, mas já se sabe que Iturbe não consta da lista de convocados. O jovem argentino, que veio para o Dragão rotulado de "novo Messi", vê-se assim cada vez mais afastado da equipa principal, não apenas por encontrar os lugares tapados por jogadores mais experientes e de provas dadas, mas também porque a equipa técnica insiste nesta postura de o obrigar a penar.
Concordo que os jovens devem aprender a conquistar o seu lugar à custa de sacrifício e esforço, mas há um limite para tudo. Recusarem-se a dar oportunidades ao jogador é um exagero e um erro pedagógico crasso. Corre-se o risco de ver invertido o processo, ou seja, o jogador começa a perceber que não conseguirá atingir os seus objectivos independentemente dos seus esforços, retirando-lhe assim vontade de prosseguir, o que acabará inevitavelmente pelo abandono prematuro. Temo, sinceramente, que seja isso que vá acabar por acontecer com Iturbe e algo me diz que ainda nos iremos arrepender muito.

1 comentário:

  1. Boa tarde, na minha opinião, eis a razão:

    Tendo o FCP a época atribulada que vem tendo,
    sem me lembrar de uma semana que fosse em que o VP pudesse respirar sossegado,
    cobrado e criticado à exaustão por vermelhos e verdes,
    pela imprensa benfiquista
    e por gente como MST e Rui Moreira por exemplo(MST até os "óculos à Milton" do Rui Quinta fez questão de ridicularizar),
    entre outras coisas,
    voce se fosse o VP colocava o argentino no 11 inicial?

    Nesta época atribulada, desde a saída pela porta da cozinha de AVB, foram problemas atrás de problemas, e eu concordo plenamente com a maioria das decisões de VP em jogar pelo seguro, visto que o andor encarnado não deu tréguas, e a partir de hoje, espero que o resultado de 2 x 3 trazido do galinheiro traga a estabilidade desejada.

    Por isso é que acho que VP não põe Iturbe a jogar, pois poderia "queimar" o rapaz em 2 ou 3 jogos menos conseguidos, e além disso, James esperou 1 ano inteiro no banco sem reclamar e hoje é o que se vê.

    Iturbe ainda não é James, pode vir a ser melhor que Aimar ou Lucho, mas tem de ter paciencia e ter consciencia que joga num dos grandes clubes da europa e do mundo.

    Iturbe tem que saber que o clube em que joga faz parte de um selecto grupo de clubes que tem "apenas" 7 conquistas internacionais, com 2 mundiais, 2 champions, 2 liga europa e 1 supertaça uefa.

    E que Iturbe saiba que até hoje do que tenho memória, o único jogador que foi titular indiscutível no clube aos 16 anos e na seleção do seu país aos 17 anos foi Pelé, o resto teve que esperar sentado no banco de suplentes a sua vez.Messi incluído.

    ResponderEliminar