segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

A maçã podre que afinal não o era

Quando João Moutinho foi contratado pelo FC Porto ao Sporting, muita gente afecta ao clube leonino, incluindo o próprio treinador Paulo Bento, acusou o jogador de ser uma maçã podre que contaminava as maçãs sãs. Godinho Lopes, actual presidente do Sporting, concedeu agora uma entrevista ao programa “Trio de ataque” onde abordou a questão, considerando que Moutinho foi, afinal, uma vítima do sistema que imperava então no seu clube.

«Chamavam-lhe maçã podre, mas afinal de contas João Moutinho era uma vítima do sistema, porque os jogadores que estavam à sua volta queriam sair, porque não se sentiam bem

Parece que, afinal, as maçãs podres eram outras. Só falta dizerem quem.

Sem comentários:

Enviar um comentário