segunda-feira, 17 de junho de 2013

Toma e embrulha!

No passado dia 13, o jornal espanhol A MARCA dedicou um extenso artigo de duas páginas inteiramente sobre o FC Porto. Já o havia feito pouco tempo antes quando escreveu sobre o presidente Pinto da Costa. Em ambos os casos, tece rasgados elogios à direcção portista e à política de gestão que faz do clube português um exemplo de sucesso único no Mundo.

Desta vez, o jornal chegou mesmo ao ponto apelidar os dragões de "Rei Midas do futebol europeu", um "dragão dos ovos de ouro" que "compra barato e vende caro", como se lê no artigo. "Compra bom, bem e barato, ganha títulos, vende e volta a renascer. Na última década, investiu 241 milhões de euros e recebeu 541 milhões. Foram-se Falcao, Hulk, Carvalho, Pepe, Quaresma e Deco, entre outros, e os dragões nunca deixaram de vencer. Os números falam por si: o FC Porto de Pinto da Costa conquistou 20 das últimas 32 ligas".

Estes elogios, tecidos por um jornal estrangeiro, só podem encher de orgulho qualquer coração portista. São a antítese do comportamento execrável de uma imprensa lisboeta intelectualmente corrupta, vendida aos interesses da capital que, em vez de enaltecer aquilo que o nosso país tem de melhor, vai alimentando o ego de milhões de parolos, iludindo-os com o lixo saído das cabeças doentias de gente frustrada e medíocre como Otávio Ribeiro, Fernando Guerra, Leonor Pinhão, Querido Manha, entre outros. Já é tempo de haver uma vassourada e correr com essa gentalha do panorama jornalístico português, mas, enquanto isso não acontece, a nossa resposta só pode ser uma: a continuação na senda do sucesso!

Sem comentários:

Enviar um comentário