terça-feira, 19 de novembro de 2013

Levas um mesito e não digas que vais daqui...

Por ter agredido um steward, o Hulk ficou 4 meses sem jogar. Por agredir um agente da PSP à bofetada, à frente de Portugal inteiro, o Jesus levará um mesito de suspensão (e ainda me admiro por não ser aplicado durante as férias) e voltará a ficar disponível exactamente no jogo com o FC Porto!
Por muito que o Benfica queira passar uma imagem de paladino da justiça e da transparência, sempre pronto para criticar e acusar os outros com os seus habituais discursos de falsa moralidade, a verdade é que o clube lisboeta foi sempre, ao longo da sua história, um dos maiores símbolos da prepotência e arrogância de quem está acima da lei. Lamenta-se que ainda haja milhões (não serão seis, mas ainda assim são alguns) de portugueses que, ingenuamente, apoiem tamanho símbolo de corrupção política, resquício de um fascismo que se pretendia definitivamente erradicado deste país.

P.S. - Parece que o Benfica não tenciona recorrer da decisão. Por que será???

1 comentário:

  1. Você comeca bem, argumenta devidamente o seu caso mas como quase sempre não consegue evitar a hipérbole, a generalizacão e o simplismo de análise no ultimo parágrafo do seu post. Um clube com décadas e décadas de história, com dezenas de Presidentes, direccões, atletas e técnicos e com milhões de adeptos por todo o mundo não se pode reduzir dessa maneira. Há uma riqueza de história (complexa e nunca preto no branco, como todas) que não é redutível aos epítetos que repetidamente aqui traz à baila. Está no seu espaco, é o seu direito. Mas fá-lo parecer mesquinho, tacanho e com pequenez de espírito. E é pena, confesso, porque também se nota nos seus posts inteligência e sagacidade. É um claro caso do que se pode chamar "doenca da bola".

    (Apaguei o comentário anterior por nao conseguir editar uma incorreccão no português, mas o que escrevi é basicamente o que figura neste segundo comentário)

    ResponderEliminar