domingo, 30 de março de 2014

Mais um roubo de Capela

Eu não sei que motivações poderão estar por detrás das actuações de João Capela. Não sei se este indivíduo será um corrupto ao serviço de lobbies obscuros, se será um cobarde que se borra de medo das ameaças que lhe dirigem, ou simplesmente um incompetente, incapaz de distinguir uma entrada faltosa de uma disputa leal de bola. O que eu sei é que, pela enésima vez, o Porto saiu de um campo de futebol  com claras e indiscutíveis razões de queixa da arbitragem deste fedelho. Pela enésima vez, as suas decisões tiveram influência directa no resultado de uma partida. E, pela enésima vez, os prejudicados pela sua conduta são os mesmos.
Hoje, haverá festa rija na Capital do Império Ultramarino: na Luz, porque há muitas décadas que o clube do regime não gozava de uma tão grande diferença pontual para o rival nortenho; em Alvalade, porque o 2º lugar do Sporting está praticamente assegurado, com a consequente entrada directa na Liga dos Campeões; na casa de João Capela, porque poderá dormir sossegado, sabendo que, amanhã, não será processado em tribunal, não receberá ameaças de morte, nem será espezinhado pela corrupta imprensa lisboeta. Amanhã, aos olhos dos lisboetas e seus apaniguados, o futebol português estará entre os mais competitivos e transparentes da Europa, a arbitragem portuguesa dará mostras de franca evolução qualitativa e haverá semblantes risonhos e boa disposição. Estão de parabéns, portanto.
Bruno de Carvalho é, claramente, o grande obreiro desta mudança do futebol português. Ninguém pode ter dúvidas de que o seu "Movimento Basta!" está a colher frutos. Os insultos, as acusações, as ameaças, os comunicados, as conferências de imprensa, as manifestações à porta do estádio, valeram a pena! Quem diria que, afinal, era tão fácil implementar a "verdade desportiva" no futebol português?

P.S. - Amanhã, o jornal A BOLA vai poder encher a sua 1ª página com mais um "GOLO DE OURO", tal como fez a propósito do golo ilegal que ditou a vitória do Sporting sobre o FC Porto em Alvalade. É tudo gente séria lá para as bandas da Capital do Imperio Ultramarino...

1 comentário:


  1. off topic:
    "isto" é grave, «penso eu de que»...

    Abr@ço
    «e quem não salta é lampião»

    ResponderEliminar