segunda-feira, 21 de abril de 2014

Adeusinho, seu sabujo!

Ser do Benfica é seguir pelo caminho fácil, é pertencer à seita, é fazer parte do rebanho. Ser do Benfica é ser subserviente aos lobbies instalados na Capital do Império, é beijar o cu dos poderosos e prepotentes, é fazer vista grossa à podridão que grassa ao mais alto nível deste país. Ser do Benfica é manter viva uma filosofia que, durante décadas, destruiu o povo português, sonegou a sua liberdade de pensamento, manietou o seu direito ao livre arbítrio. Para onde quer que se olhe, lá está um benfiquista pronto para fazer a vontade do dono, disposto a corromper os mais básicos princípios cívicos e deontológicos em nome dos interesses mesquinhos do seu clã. Olha-se para a Política e lá estão os ministros e deputados leais ao regime, com os seus tráficos de influências, os seus compadrios, os seus joguinhos corruptos nos meandros do poder. Olha-se para a Justiça e lá estão os procuradores, os juízes e os advogados, sempre prontos para denunciar uns e esconder outros, proteger os filhos e atacar os enteados. Olha-se para a Comunciação Social e lá estão os serviçais, os lacaios, os avençados, distorcendo, falseando, corrompendo a verdade em função do que lhes convém ou não convém. O benfiquismo é um cancro que corrói a nossa sociedade por dentro, destrói as suas entranhas, mina as suas bases. O benfiquismo é algo que tem de ser contido e controlado, em nome de uma sociedade mais séria, mais evoluída, mais justa.

As imagens do final do jogo de andebol, disputado no Pavilhão da Luz entre o Benfica e o Porto, transmitido em directo pelo canal A BOLA TV, têm sido amplamente partilhadas no Facebook, não por motivos desportivos, infelizmente, mas pela reacção do comentador ao golo da vitória portista, obtido no último segundo de jogo. A atitude deste pseudo-profissional é de tal forma comparável à dos comentadores da BenficaTV aquando das derrotas sofridas no final da época passada, que chega a gerar a dúvida se não estaremos a assistir a uma transmissão desse mesmo canal. Cheguei mesmo a confirmar se não se trataria de uma fraude, uma gravação falsa feita sobre as imagens originais, tal o ridículo da situação. Mas não, não é! Foi mesmo assim, desta forma deplorável, visivelmente sofrida, que o comentador deixou transparecer a angustia de ver o Benfica perder em cima do último segundo de jogo:


Podem espernear e reclamar como quiserem, mas já não conseguem disfarçar! São sabujos, sim senhor!

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  2. "Vai estrebuchando, fdp ..."

    Se até quando ganham agem como porcos, o que esperar desta animália quando perdem?

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Vá insultar a senhora que o pôs no mundo na sequência de um acto de prostituição.

    Todos sabemos que a única coisa que impediu o contador do Jesus de parar a meio da época foi o facto de termos em Portugal uma Justiça Desportiva corrupta e vendida aos interesses lisboeas, que permitiu ao treinador do Benfica levar apenas um mês de suspensão, depois de ter andado dentro de um campo a distribuir tabefes a um agente da PSP. Fosse o CJ isento e eu queria ver o mascador de chicletes a sobreviver a uma suspensão de três ou quatro meses, que era o mínimo exigível perante a gravidade do acto.

    ResponderEliminar