domingo, 21 de dezembro de 2014

Cada jogo, cada roubo!

O Benfica derrotou o Gil Vicente, último classificado da Liga Portuguesa, por 1-0, beneficiando de mais um erro grave de arbitragem, já que, na jogada do golo encarnado, Maxi Pereira se encontra claramente adiantado em relação à linha da defesa no momento em que recebe a bola do seu companheiro. O árbitro João Capela acaba por ter influência directa no resultado da partida, permitindo assim que a equipa lisboeta mantenha os seis pontos de vantagem sobre o FC Porto. E assim se vai levando uma equipazeca medíocre ao colinho, sustentando-a artificialmente num 1º lugar que nada fez por merecer.

Repare-se na imagem que o fiscal de linha se encontra em excelente posição para apreciar o lance, perfeitamente alinhado com a jogada e sem nada que lhe estorve a visão. Perante isto, veremos agora se o Vítor Pereira, presidente dos árbitros, terá a distinta lata de vir dizer novamente que as arbitragens têm sido "agradáveis", como afirmou recentemente, não obstante a roubalheira a que se tem assistido sistematicamente em benefício dos encarnados.

1 comentário:

  1. @ Rodrigo

    ainda bem que há a 'bluegosfera' para denunciar a escandaleira desta época, pois que, pela parte oficial do nosso clube, estamos conversados...

    abr@ço
    Miguel | Tomo II

    ResponderEliminar