domingo, 24 de maio de 2015

O manto protector II


 «Apesar de ter concordado com o calendário do torneio e ter participado na conferência de imprensa de lançamento a 28 de Abril em Nova Iorque, o FC Porto comunicou a sua impossibilidade de participar na International Champions Cup 2015 e por esse motivo foi substituído.»

Este comunicado, publicado na página oficial da Champions Cup, vem comprovar que o Record mentiu ao afirmar que a organização do torneio havia decidido, por sua iniciativa, substituir o FC Porto pelo Benfica. Obviamente, não se espera da parte deste pasquim o reconhecimento da falsidade da notícia que fez capa na sua edição de 22 de Maio e muito menos o devido pedido de desculpas, que seria o mínimo exigível a quem se diz isento e idóneo. Num país onde a comunicação social parece  mergulhada numa verdadeira anarquia dada a total inoperância das autoridades que têm por dever reger a actividade jornalística, resta-nos denunciar mais uma pulhice levada a cabo por esta escumalha lisboeta e alertar as hostes azuis e brancas contra os ataques soezes de quem procede despudoradamente como inimigo do nosso amado clube.

Sem comentários:

Enviar um comentário