sexta-feira, 31 de março de 2017

Jogo Duplo


O nível de subserviência da imprensa lisboeta ao SLB é revoltante! Desde o primeiro minuto em que começaram a falar do caso Jogo Duplo, foi notória a intenção de escamotear aos olhos do público a ligação de um dos arguidos deste processo ao Benfica, ora ocultando a sua identidade, ora referindo-se a ele simplesmente como "Herói de Riade". Na verdade, Abel Silva é um antigo jogador formado nas escolas do clubezeco dos vouchers, tendo jogado de águia ao peito por nove temporadas. Já depois de terminar a carreira de futebolista, Abel Silva regressou ao SLB, trabalhando no departamento de scouting. Obviamente, não interessa ao regime que isto seja referido nos jornais, tanto mais que, segundo consta, os jogos suspeitos de viciação de resultados incluem alguns que envolveram o Benfica B numa altura em que a equipa secundária do SLB lutava para não descer de divisão.
Numa abordagem claramente oposta, os jornais não se coibiram de referir que outro dos arguidos é elemento dos Super Dragões - tendo inclusivamente publicado fotografias do mesmo junto de Pinto da Costa - numa atitude ostensivamente discriminatória e provocadora para com o FC Porto. Para completar o ramalhete, vêm agora com entrevistas ao ex-jogador encarnado, dando-lhe assim uma oportunidade exclusiva de reclamar inocência e defender a sua imagem perante a opinião pública, o que não acontece com os restantes arguidos a quem não é dado o mesmo tratamento.