terça-feira, 23 de maio de 2017

Tretabatoteiros!

Hugo Miguel, que em Braga protagonizou uma das mais facciosas arbitragens das últimas décadas em ostensivo prejuízo do FC Porto e que praticamente sentenciou o afastamento dos dragões da luta pelo título, recebe agora o merecido prémio do Polvo: vai arbitrar a final da Taça de Portugal! 
Se o videoárbitro tivesse entrado em funcionamento mais cedo, o clubezeco dos vouchers nem sequer estaria nesta final, pois o golo que lhes permitiu vencer no Estoril (e que decidiu a eliminatória a seu favor) foi obtido em claríssima posição de fora de jogo. Na verdade, o justo finalista seria o Estoril, pois os empates a dois golos em casa e a três golos na Luz seriam suficientes para eliminar os tretabatoteiros. Não contentes pela final oferecida pelos árbitros, põem agora a apitar um lacaio do regime que teve um papel preponderante na conquista do tretacampeonato.
É por estas e por outras que, exceptuando os benfiquistas - que, por motivos óbvios, não querem admitir as evidências - já ninguém acredita na arbitragem portuguesa. Ou os clubes se juntam e varrem com esta máfia do futebol português, ou podem encomendar já as faixas de campeão para o clubezeco dos vouchers para os próximos dez anos!

Sem comentários:

Enviar um comentário